Você sabe o que é Dropshipping?

Dropshipping consiste em receber pedidos de seus clientes e encaminhar esses pedidos de compras ao seu fornecedor, ele que cuidará do envio dos produtos para os seus clientes em nome da empresa. Neste modo de negócio, o contratante desta modalidade atua como intermediário (no caso, o e-commerce) e não precisa manipular ou ter acesso aos produtos. Ou seja, seu site divulga os produtos, mas depois do cliente realizar a compra, é o fornecedor que faz o envio e cuida de toda a logística que envolve essa parte final da compra.

O dropshipping se baseia em um relacionamento transparente e via de regra contratual entre os vendedores e os fornecedores. Os e-commerces selecionam os tipos de produtos que desejam vender eu suas lojas virtuais e os fornecedores são qualificados para atender as demandas de consumo dos clientes do e-commerce.

Geralmente, os pontos de atenção se restringem à localidade e ao sortimento. 

O e-commerce atrai os clientes através de ações de marketing e gerencia as vendas através de uma loja funcional e intuitiva. Além disso, disponibiliza canais de atendimento ao cliente que geralmente são: email, chat e telefone.

O cliente no entanto, não tem conhecimento do dropshipping, pois a prática é acordada entre o e-commerce e seus fornecedores sem alterar as etapas da experiência da compra online.

Uma vez o pedido realizado, o e-commerce busca a aprovação de pagamento. Se aprovado, encaminha a ordem de compra para os fornecedores.

Dessa forma os fornecedores serão responsáveis pelas entregas, incluindo desde a embalagem dos produtos até o transporte de última milha. Nesta etapa, é crucial e de suma importância o envio dos códigos de rastreio das transportadoras, para que o e-commerce disponibilize aos seus clientes o status do pedido atualizado até que a entrega seja efetivada.

OBS. Um dos modos do cliente ter conhecimento que comprou em um dropshipping, é quando o mesmo recebe a Nota Fiscal de sua compra, pois ela virá com o nome de outra empresa. 

Saiba agora algumas vantagens e desvantagens desse tipo de empreendimento.


Vantagens

*O baixo custo – O baixo custo é uma das características mais atrativas do dropshipping. Pois, o fato de não contar com uma loja física, que tem como gastos: aluguel, empregados, seguros e inventário.

*Gerenciamento simples – As etapas de armazenagem, separação, embalagem, expedição e rastreio são do fornecedor, menos coisas para o administrador do site de vendas se preocupar.

*Flexibilidade –  Com o dropshipping, o lojista online não está ancorado em nenhum local. É possível vender praticamente qualquer produto de qualquer lugar e poder escalar o negócio sem se preocupar com a operação logística. 

Desvantagens

*Lucro – Este modelo se apropria de uma margem de lucro bastante reduzida para ambas partes (fornecedor e e-commerce). O e-commerce muitas vezes compete com outras lojas virtuais que utilizam o mesmo portfólio de produtos. 

*O fornecimento e envio dos produtos podem se tornar um problema – No caso de ruptura de um item, por exemplo, se não houver integração sistêmica, as informações podem sobrecarregar o processo de atendimento ao cliente.

*Integração – O TMS das transportadoras dos fornecedores, muitas vezes não apresentam ferramentas que disponibilizem o status das entregas em tempo real às plataformas de e-commerce. 

Considerações importantes

Para encontrar uma boa solução de dropshipping é preciso fazer um processo de diligência para qualificação dos fornecedores. Entre os principais pontos de checagem, vale ressaltar os tempos de processamento do pedido, picking, packing e separação.

Seguem alguns sites referência que praticam essa modalidade: Milanoo.com, LightInTheBox.com, DHgate, e AliExpress em âmbito internacional. 

Tem dúvidas sobre como fazer um site? Deixe um comentário ou entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo!

Não perca!

Receba conteúdos valiosos sobre marketing digital para lojas virtuais/e-commerce. Inscreva-se gratuitamente.

plugins premium WordPress