Ainda na dúvida sobre abrir ou não uma loja virtual? Confira as vantagens de se ter um ecommerce.

Sempre que se fala em loja virtual, não demora muito para que as comparações com uma loja física apareçam. Existe também aquele grupo de pessoas que ainda hoje, mesmo com toda a revolução tecnológica dos últimos anos, acentuada ainda mais pela pandemia, são desconfiadas de tudo que leve “online” no nome.

Com a chegada da pandemia e a necessidade de isolamento social, muitas empresas se viram obrigadas a adaptar seu negócio. Quem não tinha conhecimento nenhum sobre o mundo digital precisou correr atrás do prejuízo. Quem já tinha, saiu na frente e não precisou parar 100% da produtividade. Assim, no começo de 2020 houve uma potencialização de um fato que já era presente: o crescimento das lojas virtuais.

De acordo com dados da Statista, empresa líder de dados de mercado e consumo, as compras feitas pela internet representam cerca de 11,9% de todas as vendas realizadas pelo varejo mundial. E a estimativa é que até o fim deste ano esse índice chegue a 17,5%. 

Se você faz parte desse pequeno grupo de pessoas que ainda não foram convencidas sobre a necessidade de se ter uma loja virtual, aqui vão algumas vantagens que o “online” tem sobre uma loja física:

Maior visibilidade dos seus produtos

Em uma loja online não há a necessidade do cumprimento do horário comercial. Nela seus produtos ficam expostos numa vitrine virtual por 24 horas, pra todo mundo, acessível aos mais diversos tipos de clientes e necessidades;

Livre-se das taxas

Vigilância Sanitária, luz, água, funcionários, taxa de bombeiros, condomínio (dependendo da localização), IPTU, gás, gasolina pra ir ao trabalho, passagem de funcionários… essas são algumas das despesas que podem ser evitadas ou, dependendo do contexto em que sua loja esteja inserida, até cortadas de vez dos seus gastos mensais para a manutenção do seu negócio. Considerando a atual situação do nosso país, com certeza isso faria uma boa diferença em seu orçamento;

Mudança no comportamento do consumidor por causa da Pandemia

O comportamento do consumidor teve que sofrer modificações e adaptações por causa da pandemia do coronavírus. Uma delas foi o hábito de pedir comida por aplicativo. Segundo pesquisa feita pela Mobills, divulgada na segunda semana de Julho de 2020, os gastos com aplicativos de entrega (Ifood, Uber Eats, Rappi, etc) cresceram 149% no último ano, e segue crescendo. Em dezembro de 2020 esse número aumenta quando comparado a março, começo da pandemia, chegando a 187% de crescimento. De acordo com o pagseguro, mais de seis milhões de vendas foram realizadas pela internet no último ano, representando um crescimento de 205% quando comparado a 2019. Ou seja, a realidade das compras e vendas virtuais veio com força e pra ficar. Para competir de igual para igual com seus concorrentes, é necessário se atualizar.

Trabalhe de onde você quiser

A comodidade que o “online” proporciona é absurda. Pense em sair de casa em um dia frio, chuvoso. Ter que pegar uma condução lotada ou dirigir por horas, em um trânsito horroroso até chegar no trabalho e ainda ter o risco de esbarrar com aquele colega de trabalho que você não simpatiza muito? Pois é.  Uma das vantagens de se ter uma loja online é trabalhar de onde você quiser. Suas únicas reais necessidades serão um computador que funcione e uma boa internet.

Comodidade e segurança para você e seu cliente.

Ao falar de loja virtual, é comum que surja logo o questionamento: “Por que investir dinheiro em um e-commerce, quando eu posso vender meus produtos pelo instagram e/ou facebook?”

Quando você tem uma loja virtual é possível, por exemplo, que você concentre em um só lugar as formas de pagamento, as opções de envio disponíveis, catálogo, promoções, cupons, etc. Opções que as redes sociais não apresentam para o cliente. Uma outra vantagem que e-commerce apresenta sobre as redes sociais está relacionado a fluidez das mídias. Se você que está lendo esse texto tem mais de 28 anos, com certeza presenciou a febre que o Orkut foi entre 2004 e 2012. Hoje em dia quem usa Orkut? Ele nem existe mais. Pessoas mais novas nem sabem do que se trata. Outro exemplo mais recente é o Snapchat. Com seu auge em 2014, não demorou muito para que essa rede também caísse no esquecimento. Em meio a esse vai e vem das redes, quem sempre se manteve firme foram os sites. Sua loja virtual sempre estará disponível para seus clientes. Ela não depende de rede social para nada, além de dar uma seriedade a mais ao seu serviço. Resumindo, divulgar sua loja ou marca em redes sociais é ótimo. Depender única e exclusivamente delas para vender é péssimo, tendo em vista que da mesma forma que elas surgem também desaparecem pela rápida rotatividade que o digital proporciona.

Tem dúvidas? Deixe um comentário ou entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo!

*Para receber um orçamento personalizado para criação de site: Receba um Orçamento

Não perca!

Receba conteúdos valiosos sobre marketing digital para lojas virtuais/e-commerce. Inscreva-se gratuitamente.

plugins premium WordPress