Dicas de como ter um site seguro. – WordPress

Ter um site seguro é o que todos esperam quando ingressam na internet, mas você sabe todos os passos a serem seguidos para alcançar a sonhada segurança em seu site? Leia esse artigo e fique por dentro de tudo.

Investir em segurança é fundamental na conquista da confiança de possíveis clientes e consumidores dos seus conteúdos.

Mas embora possua grande importância, é muito comum que a segurança do site seja negligenciada, principalmente por empresas de pequeno e médio porte. Atualmente, no entanto, além de tudo que se imagina sobre a importância em se ter um site seguro, essa questão também afeta o posicionamento do seu site no Google.

Então confira essas dicas e não pise mais na bola:

1. Escolha uma boa hospedagem

O primeiro passo que irei apontar para fazer um site seguro, é a escolha de uma boa hospedagem. Atualmente existe uma grande quantidade de serviços para hospedar o seu site, mas nem todas essas empresas apresentam um padrão de segurança adequado, então pesquise bastante.

Considere algumas regras básicas:

  • Verifique se a empresa é idônea;
  • Procure por reclamações online, como no site Reclame Aqui
  • Verifique se a hospedagem possui suporte online e no seu idioma, acredite, no dia a dia isso faz toda a diferença;
  • E avalie os benefícios oferecidos.

Como existem muitas empresas, tem desdas mais caras, as mais baratinhas, não se deixe levar apenas pelo seu bolso, pesquise e no final escolha pelo pacote total.

Atualmente estou indicando bastante a Hostinger, mas a hostigator e a siteground também são ótimas. A última só tem suporte em inglês. 

2. Hospede um site por plataforma de hospedagem

Para quem é novo nesse universo de hospedagem, existem duas formas de hospedagem: a compartilhada e a dedicada.

Na hospedagem compartilhada é onde encontramos os planos mais populares, com os melhores preços. Isso significa na prática que mais de um site está hospedado dentro de um mesmo servidor. Normalmente usado por sites ou empresas de pequeno e médio porte.

Este formato pode torna o site um pouco mais propenso a eventuais problemas, já que outro domínio na hospedagem pode vir a ser a porta de algum tipo de ataque. No entanto, hospedagens de qualidade já possuem tecnologia para prevenir essa situação. E plataformas prontas para site, como WordPress, que nós utilizamos para criar nossos projetos, são bastante seguras e auxiliam nessa proteção.

A hospedagem dedicada, como o próprio nome já sugere, é exclusiva para seu site. Com um custo mais elevado, este tipo de plano é recomendado para sites com grande volume de acesso ou que necessitam de extrema segurança, podendo ser alvos constantes de hackers.

3. Firewall e detector de Malware

Programas ou plugins de detecção de malware são essenciais para verificar a segurança do seu site e evitar possíveis aplicações malignas, que possam atingir os seus clientes ou usuários.

Esse plugin vai analisar seu site de maneira ativa e o avisará caso encontre alguma vulnerabilidade, podendo bloquear a ação também.

E o firewall vai proteger seu site de possíveis ataques de hackers, também atuando de modo ativo e constante.

4. Utilize a permissão de usuários

Essa dica é caso o seu site possua diferentes usuários, se não for o seu caso, pode pular para a 5º dica.
Nós utilizamos o wordpress, que assim como o Drupal, possui um sistema de CMS nos seus sites, ou seja, um sistema de gerenciamento de conteúdo. Basta pensarmos que nem todo mundo que trabalha em seu site precisa ter acesso a tudo. O site por ter um perfil para postar pots, outro para editar imagens, outro para atualizar descrições e assim por diante, onde só o usuário principal, o do dono, terá acesso geral ao site.

Caso seja utilizado apenas um usuário com acesso geral para várias pessoas, essa prática abre uma brecha em sua segurança, pois permite que qualquer pessoa que tenha acesso a esse usuário possa instalar ou modificar uma aplicação, ou código do seu site.

5. ATENÇÃO: Faça backups regularmente

Também entra dentro da segurança do site, saber se prevenir e manter backups atualizados para uma emergência. Vamos supor que o seu site tenha sido atacado e você perdeu tudo. Nessas situações, ter um backup recente lhe poupará muitas horas de trabalho, pois não será preciso começar tudo do zero, só de imaginar sobe aquele frio na espinha né?

Existem serviços que fazem backups automáticos, inclusive parceiros de sites de hospedagem.

Esses backups são muito úteis também quando você realiza uma atualização no seu site e, por algum motivo, algo dá errado e o endereço na web para de funcionar como o esperado, tendo um backup em mãos atualizado, seria só substituir o banco de dados com o backup correto.

6. E uma das mais importantes, o famoso certificado SSL/HTTPS

certificado SSL/HTTPS tem o objetivo de manter a troca de informação entre seu servidor e o navegador do usuário em segurança utilizando-se de criptografia.

Criptografia é uma área da criptologia que estuda e prática princípios e técnicas para comunicação segura na presença de terceiros, chamados “adversários”. Mas geralmente, a criptografia refere-se à construção e análise de protocolos que impedem terceiros, ou o público, de lerem mensagens privadas.

A segurança da informação tem ganhado importância junto as grandes empresas de Internet. Segundo informações do próprio Google, ter um site seguro é fundamental para o SEO. O buscador já está considerando um site com HTTPS como fator de rankeamento do seu site, ou seja, além da segurança agora também entra na conta a questão de distribuição.

Aqui na webqu4tro além de criarmos sites responsivos e com o SEO configurado para melhor distribuição, também indicamos hospedagens que oferecem o certificado digital SSL e realizamos a instalação do mesmo para você.

Tem dúvidas sobre como fazer um site seguro? Deixe um comentário ou entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo!

Não perca!

Receba conteúdos valiosos sobre construção e manutenção de sites. Inscreva-se gratuitamente.

plugins premium WordPress