Como contratar um motoboy para o seu restaurante delivery – Dicas Extras

Existem diversas formas possíveis para a contratação de um motoboy para seu delivery. Acompanhe o artigo e receba dicas para entender as suas demandas e as maneiras de contratações possíveis.

Entenda as suas demandas

Para uma análise completa, a primeira coisa a se fazer é entender a demanda. Conheça as regiões em que mais atende, faça uma pesquisa em seu delivery e veja em quais bairros se concentram os maiores números de clientes, caso atenda em vários locais.

Na hora da contratação dos motoboys, um aspecto a ser considerado é o seu grau de conhecimento sobre as localidades que você atende e as suas principais rotas. Quanto mais conhecimento sobre a região melhor, pois dessa forma a possibilidade de atrasos diminuem.

Caso o motoboy seja muito bom e apenas não tenha muito conhecimento da área, é possível investir em treinamento para realizar a contratação e permanecer com um serviço de qualidade.

Contratação consciente

O motoboy tem uma grande responsabilidade. Por isso, tem que ser alguém de confiança.

Portanto, é indicado a contratação de profissionais com experiência e com boas indicações.

O seu processo seletivo precisa ser rigoroso. Caso algo saia de errado na entrega, último nível de atendimento, todo o resto pode ir por água a baixo. Atendimento, seleção dos ingredientes, preparação, apresentação, enfim, todo o bom atendimento prestado inicialmente.

Quais são as formas possíveis de contratar um motoboy para meu delivery?

Você pode:

  • Contratar um serviço terceirizado de entregas;
  • Contratar um motoboy MEI que te atenda de forma autônoma;
  • Contratar um motoboy registrado com carteira assinada;
  • Cadastrar o seu estabelecimento em um aplicativo tipo iFood;


– Contratando serviços terceirizados de entregas

Eles são focados na entrega e geralmente não possuem um cardápio, nem oferecem serviços de construção de site.

Basicamente, esse tipo de serviço é prestado por empresas de motoboys e apps tipo a Loggi e a Juma.

Nesse caso, é realizado com a empresa que possui uma frota, um contrato. Assim, quando você precisar realizar uma entrega, entrará em contato com ela, que, por sua vez, disponibilizará um de seus motoboys para a realização do serviço.

Nesse modelo tudo varia de acordo com a empresa que você contrata. Por isso, a necessidade de pesquisar bem o serviço antes de fechar negócio.

– Contratando um motoboy MEI

O motoboy MEI é um microempreendedor individual. Ou seja, é uma empresa que prestará serviço para o seu estabelecimento, ele não será seu funcionário.

Assim, você deve combinar previamente um valor pelo serviço prestado e o período que você precisará contar com ele.

Essa forma de contratação normalmente representa um baixo custo para o restaurante, pois geralmente se paga uma diária, um valor fixo por entrega ou ambos. Vai depender do combinado.

Apesar dos baixos custos, é importante sempre consultar um advogado trabalhista para não se enrolar no futuro. Para quem é do estado do Rio, indicamos o Dr. Tiago Fróes.

– Contratando um motoboy registrado com carteira assinada

A contratação do motoboy por carteira assinada é o clássico. Várias empresas costumam escolher essa forma de vinculação.

Ele terá horário fixo, salário referente ao piso da categoria, férias, décimo terceiro e todas os direitos de um trabalhador CLT.

Uma das grandes vantagens é você ter um profissional subordinado, não precisando assim se preocupar com faltas, horários e ainda poder treiná-lo para padronizar sua forma de atendimento. Muito importante para quem quer uma equipe alinhada com as ideias do restaurante.

Outra forma de contratar um motoboy com carteira assinada é a realização da contratação por contrato intermitente, em que ele também terá seus direitos garantidos, mas você pode solicitar seus serviços apenas em momentos de pico. Podendo, dessa forma, pagar um salário um pouco menor.

– Cadastrando seu estabelecimento em apps de delivery (ifood, uber eats)

Uma possibilidade que é muito usada é você cadastrar o seu estabelecimento em aplicativos de entregas como iFood, Uber Eats e Rappi, mas nesses casos o seu lucro irá diminuir por conta das comissões em cima dos produtos.

No plano de entregas do iFood, onde é oferecido entregadores, é cobrada uma mensalidade de R$130 e 27% do valor do produto.

Nesse caso, você não terá preocupação com a operação ou logística, o que, por um lado, é positivo. Em contrapartida, caso você tenha um site próprio com sistema de entrega, e um entregador MEI, seus ganhos serão bem maiores.

Além de muitos estabelecimentos preferirem ter esse controle para saber quem é o entregador, se ele mantem um padrão de atendimento, higiene, etc.

Confira o equipamento

Já entendemos que a entrega é um dos passos mais importante para um restaurante de delivery. Caso você queira ter um ótimo serviço, o equipamento ideal é indispensável. Dessa forma, seus pratos devem ser entregues em embalagens compatíveis, assim como a moto e o motoboy devem ser equipados com itens condizentes à função.

Encontrar a armazenagem ideal vai fazer com que a comida chegue quentinha e em perfeito estado na casa do cliente. Dessa forma também não acontecerão vazamentos e derrubamento do conteúdo da embalagem, perdendo assim a qualidade do produto.

A motocicleta também precisa de cuidados, verifique o bom estado para evitar acidentes, quebrar no caminho e garantir a entrega e segurança do motoboy.

Pode parecer pequenos detalhes, mas são essenciais e devem ser analisados.

Dicas Extras

 1. Dar benefícios

Dar benefícios aos funcionários é uma prática bastante adotada por empresas de sucesso.

Apresentar esse tipo de reconhecimento aos funcionários faz com que eles se sintam valorizados e motivados a “vestir a camisa” da empresa. Além de ser uma forma de diminuir a rotatividade de funcionários do seu restaurante.

Algumas dicas de benefício para entregadores são:

  • Oferecer almoço ou o jantar;
  • Dar bônus ou “caixinha” pelas entregas;
  • Plano de saúde.

2. Ter facilidade com uso de tecnologias

É importantíssimo que os entregadores tenham familiaridade e facilidade com soluções tecnológicas. Antes de contratar um motoboy, verifique se ele tem facilidade com o uso de tecnologias.

3. Oferecer Treinamento

Oferecer treinamento para sua equipe de entregas ajuda a aumentar a qualidade do serviço no seu Delivery. A oferta de capacitação ainda abre a oportunidade de contratar motoboys para entrega inexperientes e capacitá-los de acordo com o padrão do seu Delivery.

Dessa forma todos acabam ganhando.

Após saber mais sobre como contratar um motoboy e receber essas dicas de ouro, levante as mangas e bora fazer seu delivery decolar. Caso queira conhecer nosso serviço de construção de sites para delivery, acesse o link e fique por dentro de tudo.

Não perca!

Receba conteúdos valiosos sobre marketing digital para restaurantes/lanchonetes. Inscreva-se gratuitamente.

plugins premium WordPress